Home   /   Sem categoria  /   Cidade de Mêda com Festival de Verão gratuito
Cidade de Mêda com Festival de Verão gratuito

A cidade de Mêda irá receber entre 26 e 28 de julho, um festival de música de verão com uma forte aposta na música nacional, principalmente em diversos estilos de rock.

André Pereira, presidente da Associação Juvenil Mêda+, que organiza o «Festival Mêda+» em parceria com a Junta de Freguesia local, salienta que o evento contará com a participação de grupos nacionais «de vários estilos de rock» e integra um programa «de enorme qualidade».

O responsável referiu que «o cartaz revela uma forte aposta na música nacional», destacando os grupos Mão Morta (dia 28), X-Wife (27) e The Glockenwise (26). A estes grupos juntam-se Fitacola e A Cepa Torta (26), The Doups e O Bisonte (27) e Matilha e MulherHomem (28).

«São três dias de rock com vertentes diferentes», disse André Pereira, salientando que, ao nível das bandas secundárias, a organização contratou «as bandas dos circuitos dos festivais nacionais que têm maior projeção».
Os promotores do festival de música fazem das entradas gratuitas a sua «principal bandeira».

Os espetáculos [a realizar no recinto da Santa Cruz] «têm entrada gratuita e o parque de campismo também. As piscinas municipais têm um custo reduzido de um euro por dia», explicou André Pereira.
Tendo em conta esta situação, o dirigente espera que a afluência de público aumente em relação à edição do ano passado.

André Pereira lembrou que a iniciativa, organizada pelo terceiro ano consecutivo, visa afirmar o interior do país como sendo «capaz de suportar um evento dinâmico e de dimensões consideráveis», contrariando «a tendência de situação quase bicéfala a nível cultural», com eventos centrados em Lisboa e Porto.

O «Festival Mêda+», com um orçamento que ronda os 30 mil euros – apoiado pela Câmara Municipal e Associação de Desenvolvimento Raia Histórica -, pretende atrair pessoas para o concelho de Mêda, localizado no norte do distrito da Guarda, e «dinamizar a economia local» durante a sua realização.

Fonte: Lusa

Comments

comments

Related Article