Home   /   Outros Destaques  /  Destaque  /   Fez-se história — Salvador Sobral vence festival da Eurovisão
Fez-se história — Salvador Sobral vence festival da Eurovisão
Salvador Sobral venceu a final do Festival Eurovisão da Canção 2017 disputada este sábado (13 de maio), em Kiev, na Ucrânia, com a música “Amar pelos dois”. O cantor português conseguiu a pontuação máxima – 758 pontos – na votação combinada dos júris nacionais e do público.
Esta foi a pontuação mais alta de sempre que Portugal conseguiu num Festival da Eurovisão, conquistando assim, pela primeira vez, o primeiro lugar neste evento.
winner - Salvador Sobral - Festival Eurovisão da Canção - eurovision 2017

A reacção de Salvador Sobral à vitória

Segue o vídeo com a atuação de Salvador Sobral na Eurovision Song Contest:

Após ter sido anunciado como o grande vencedor, o cantor português de 27 anos apelou à mudança no mundo da música:

“Vivemos num mundo de música descartável, de música ‘fast-food’ sem qualquer conteúdo. Isto pode ser uma vitória da música, das pessoas que fazem música que de facto significa alguma coisa. A música não é fogo-de-artifício, é sentimento. Vamos tentar mudar isto. É altura de trazer a música de volta, que é o que verdadeiramente interessa.”

Após o discurso de vitória, Salvador Sobral voltou a interpretar o tema vencedor “Amar pelos Dois”, mas desta vez, acompanhado pela irmã, Luísa Sobral, autora da canção. O cantor agradeceu ainda a Luís Figueiredo, responsável pelos arranjos.

O grande vencedor do Festival da Eurovisão chegará hoje (14 de maio) pelas 15h00 ao aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

winner - Salvador Sobral - Festival Eurovisão da Canção - eurovision 2017

Salvador Sobral

 

“Amar pelos dois” marca o regresso de Portugal a uma final do Festival Eurovisão da Canção, o que tinha acontecido pela última vez em 2010. Nesse ano, Filipa Azevedo chegou à final com “Há Dias Assim”, tendo ficado em 18.º lugar. Em 2016, Portugal não participou no festival europeu.

Portugal estreou-se no Eurovision Song Contest em 1964, ano em que António Calvário interpretou o tema “Oração”, que não obteve qualquer voto. Em 1996, Portugal alcançou um sexto lugar com a canção “O meu coração não tem cor”, uma música cantada por Lúcia Moniz.

Comments

comments

Related Article