Home   /   Novos Discos  /   GROGNation trazem novo trabalho na bagagem
GROGNation trazem novo trabalho na bagagem
Os GROGNation, coletivo de Mem Martins, lançam novo trabalho de originais intitulado “Nada É Por Acaso”.

O disco é composto por 17 faixas com vários beatmakers – Sam The Kid, DJ Ride, Lhast, Cálculo, Holly, Juzicy, METAMVDNESS, Fabrice, Neo Beats e o próprio NastyFactor – distribuído digitalmente para todo mundo e com edição física.

Nada foi por acaso e os GROGNation trazem para a capa do disco o sexto elemento que completa a simbologia do dado – o Fiat Seicento – o carro que os transportou no início da caminhada “nos nossos primeiros concertos fomos transportados nesse Fiat Seiscento, ensaiámos muitas vezes ali dentro e tomámos muitas decisões. Em ‘Dropa Fogo’, os skits foram feitos durante viagens que fizemos”.

O álbum é a narrativa dos GROGNation mas é também a de cada um de nós, humanos, desenhadores do nosso próprio caminho que atravessa momentos de Paz, Amor, Prosperidade e Realização. E, como nada é garantido mais vale partir da máxima de dar o melhor de nós próprios em tudo o que fazemos “Vamos fazer este álbum como se fosse o último”.

As faixas são metáforas. ‘ANKURAS’, quem não as tem seja na carreira, no relacionamento, na família. ‘Simboliza as situações negativas que não te deixam progredir’ mas ‘VOU NA MESMA’ independentemente da insegurança e das dificuldades porque o que importa é que “no final do dia chegamos a algum lado porque tivemos vontade de ultrapassar os obstáculos”. Nunca ‘$EM AVI$AR’ porque a falta de dinheiro é muitas vezes a raiz dos ‘PROBLEMAS’ que “achamos serem sempre maiores do que os dos outros porque dependem sempre de uma perspetiva”. O objetivo “será sempre conseguir ultrapassá-los” com ou sem ‘LÁGRIMAS’ desconstruindo o estereótipo do que é ser homem.
Um Interlúdio encerra este primeiro ciclo onde “percebes a verdade por trás dos teus problemas e a desmistificas”.

Depois chega o ‘CIRCO’ com ‘VOLTAREN’ com a verdade ‘in your face’ mas como ‘NADA SEI’ é preciso juntar as partes. E, mais um ciclo se fecha com a voz de Cláudia Cadima, uma voz tão familiar “como se fosse a tua própria vida a falar contigo”.

“O caminho é a junção das perspetivas e um apelo à união” com MÓLIO e BARMAN. Mesmo na negatividade “é a força que nos junta” com ‘UMA BEKA’, ‘CHAMA-ME NOMES’ – pois “odeia-me e ama-me depois”.
Se sabemos de antemão que ‘NADA É POR ACASO’ e que “o caminho que percorremos só podia ter sido este, então estamos cá para olhar para trás e aprender todos juntos” e “a realização máxima chega“. É ‘PRECISO AMAR PARA ESQUECER’, uma ode ao amor e “a quem está ao nosso lado a ajudar-nos a ultrapassar as coisas boas e más que nos aconteceram”. O amor que é uma substância tão ao mais potente que qualquer químico apresenta-se como a solução que todos nós precisamos e procuramos. No final, ficas em ‘PAZ’ e percebes que ‘NADA É IMPOSSÍVEL’ e estás preparado para o ‘MANDA VIR’ “enquanto grupo estamos preparados para recebermos todo o amor e todo o ódio”.

GROGNation - Nada É Por Acaso

GROGNation

 

Com duas mixtapes, ‘Segunda Vaga’ (2012) e ‘Dropa Fogo’ (2013) e dois EP ‘Sem Censura’ (2014) e ‘Na Via’ (2015), na bagagem os GROGNation chegam com o seu primeiro álbum, uma narrativa musicada que será apresentada em vários concertos pelo país.

Os GROGNation, com participações e produções de nomes conceituados do panorama do Hip Hop Nacional, como Sam The Kid, Nbc, Sir Scratch, Landim e Vinyl e com presença já em grandes festivais nacionais são, sem dúvida, uma nova escola de Hip Hop a seguir.

Acompanha os GROGNation em: https://www.facebook.com/grognation/

Comments

comments

Related Article