Home   /   Entrevistas  /  Destaque  /   [Entrevista a Tiago Nacarato] Os concertos esgotados, o álbum que está a gravar e a música portuguesa 
[Entrevista a Tiago Nacarato] Os concertos esgotados, o álbum que está a gravar e a música portuguesa 
“E por falar em saudade…” – bastou cantar o primeiro verso de “Onde Anda Você”, de Vinicius de Moraes e Toquinho, para as cadeiras dos mentores do The Voice Portugal se voltarem. Não ganhou, ficando pela meia-final, mas a passagem pelo programa trouxe-lhe reconhecimento imediato não só em Portugal, mas também no Brasil. Tiago Nacarato é um dos fenómenos musicais do momento, entre a música portuguesa e a bossa nova. Falámos com o músico do Porto sobre o programa e os novos projectos que tem pela frente. 


 

A sua audição no The Voice é considerada por muitos uma das melhores provas cegas do programa. Por que decidiu levar uma canção de Vinicius de Moraes a um concurso geralmente associado a música pop?
Mesmo sabendo que o concurso é mais virado para o Pop nunca me quis desvirtuar da minha essência. Aceitei o convite pela possibilidade de poder mostrar ao mundo as minhas raízes e aquilo que sou realmente. Levei “Onde anda você” de Vinicius e Toquinho por ser uma das mais belas canções que ouvi nos últimos tempos.

“Nunca imaginei ter tantas datas esgotadas”

Desde que passou pelo The Voice que a sua agenda não pára de aumentar. Imaginava desta reacção por parte do público?
Para ser sincero nunca imaginei ter tantas datas esgotadas, até agora todos os concertos que fiz estavam completamente cheios. Depois da prova cega pensei que as pessoas iriam ter curiosidade em me ver, mas desta forma tão massiva é bem diferente daquilo que tinha imaginado.

O que podem as pessoas esperar destes concertos no Passos Manuel?
O concerto que preparei para o Passos Manuel é um concerto intimista, só de voz e violão em que o repertório vai passar pelas músicas que têm marcado a minha vida, numa viagem entre o cancioneiro brasileiro e português incluindo originais.

A agenda portuguesa está bem preenchida, mas são cada vez mais numerosos os fãs no Brasil. Há planos de ir lá cantar?
Para já ainda não tenho certeza de nada, tenho muita vontade de lá ir mas nada está marcado ainda.

“Estou a trabalhar num álbum”

Quais são os próximos projectos? Haverá um álbum de originais a caminho?
Estou a trabalhar num álbum que deverá sair antes do segundo semestre do ano.

O que nos pode para já revelar?
Sobre esse álbum posso dizer que maior parte das músicas irão ser minhas e cantadas em português de Portugal, não tirando a hipótese de haver uma música brasileira ou noutra língua qualquer. Também irei gravar músicas de amigos de quem sou fã.

“Há muito mais música a ser feita e em português de Portugal”

Como avalia atualmente a música em Portugal?
Gosto de me aperceber que há muito mais música a ser feita e em português de Portugal e que as rádios cada vez mais estão a investir no produto nacional. Tenho muito orgulho nesta nova geração que me influencia muito (não que a antiga não o fizesse mas ando a preferir a nova). Falo de nomes como Márcio Silva (Edu Mundo), Miguel Araújo, Zambujo, Luís Severo, Capitão Fausto, Salvador Sobral, Luísa Sobral, Tatanka, Diogo Brito e Faro, Os Quatro e Meia; todos estes compositores me andam a dar ideias. Isto no universo canção porque no jazz também estamos cheios de músicos incríveis; Mané Fernandes, João Salcedo, Diogo Duque, Mortágua, Ricardo Coelho, Fábio Almeida e muitos outros que estão aí na parada. Tenho muito orgulho em ser português.

Entrevista realizada por: Adriana Dias

Agenda – Tiago Nacarato

9 Fevereiro – Miranda do Corvo – Casa das Artes
14 Fevereiro – Funchal – Pestana Hotel
16 Fevereiro – Tróia – Casino
17 Fevereiro – Estarreja – CTE
21 Fevereiro – Porto – Cinema Passos Manuel (esgotado)
22 Fevereiro – Porto – Cinema Passos Manuel (esgotado)
23 Fevereiro – Porto – Cinema Passos Manuel (esgotado)
24 Fevereiro – Porto – Cinema Passos Manuel (esgotado)
25 Fevereiro – Porto – Cinema Passos Manuel – 18h30 (esgotado)
25 Fevereiro – Porto – Cinema Passos Manuel – 21h30 (esgotado)
24 Abril – Lisboa – Teatro Tivoli BBVA
(1ª Parte concerto Os Quatro e Meia)
25 Abril – Porto – Casa da Música
(Participação concerto Orquestra Bamba Social)
26 Abril – Porto – Casa da Música
(Participação concerto Orquestra Bamba Social)
1 Setembro – A Anunciar

Related Article