Home   /   Novos Singles  /   “Alice” é a nova canção de Mila Dores
“Alice” é a nova canção de Mila Dores
“Alice”é o single de avanço do EP que Mila Dores se encontra a preparar e que será lançado ainda este ano.

Depois de um percurso académico e profissional construído através do Jazz e da linguagem da música improvisada, a sua canção “Alice” — produzida por Miguel Ferreira, dos Clã — vem assinalar um ponto de viragem na reconquista do que de mais natural e emocional tem a música da Mila.

“Alice” é o retracto da esperança feito por quem não receia falar do coração, sobre o amor e sobre o medo, ou sobre desamor, que visita outras canções, no desespero mas também no fascínio pela beleza das pequenas coisas.

Alice - Mila Dores

Alice – Mila Dores

O videoclip de “Alice” foi filmado por Joana Linda no Aquário Vasco da Gama.

“Tendo voltado a estudar piano, e tendo passado tanto tempo com ele, descobri uma forma minha de escrever canções, de as interpretar, tudo cingido ao piano e à voz. (…) São histórias escritas a partir de coisas que eu vivi. Para mim escrever uma canção é algo natural”, refere a cantautora. 

Será também no formato de voz e piano que Mila Dores estreará este “Alice” em palco, no concerto EA Live a realizar-se a 14 de julho no Páteo de São Miguel, em Évora.

Sobre Mila Dores:

Vindos directamente do coração, a música e o olhar da Mila Dores são resultado da sua auto descoberta destemida e do seu intenso “espírito livre”, como chegou a mencionar a crítica do Sunday Times, na passagem da artista pelo Reino Unido — Mila Dores estudou no Leeds College of Music e partilhou o palco com músicos de referência da cena jazzística britânica (Matthew Bourne e Evan Parker são alguns dos mestres) — entre 2006 e 2012.

De regresso a Portugal em 2012, Mila aventurou-se para os palcos e para a gravação do seu disco de estreia, em formato banda. Mila Dores & Os Fulminantes era o nome do grupo que contava com a guitarra do João Firmino (Cassete Pirata), o baixo do António Quintino (Samuel Úria, Cassete Pirata), a batida do João Pereira e o vibrafonista Paulo Santo. Misturado por Mário Barreiros, o álbum “A Quem Possa Interessar” sai em 2015 e rapidamente é a canção “Jaula” que se destaca e que salta para o disco dos Novos Talentos FNAC, na edição desse mesmo ano.

Deixando-se reservar lentamente da energia intensa da banda e da complexidade da improvisação jazzística, Mila vem redescobrindo o poder do tempo que passa sozinha a compor.

Related Article