Home   /   Agenda  /   CCB Sunset — Concertos ao ar livre
CCB Sunset — Concertos ao ar livre

Concertos ao ar livre no Jardim das Oliveiras, o espaço ideal para ouvir música descontraidamente com os amigos ao fim da tarde. Um pequeno palco, uma plateia sem cadeiras, o relvado onde cada um se pode sentar ou deitar, a ver o rio, ou encostado a uma oliveira. E um bar.

Sun Set é o encontro perfeito para os fins de tarde de verão, onde a música sobe ao cair da tarde.

Entre os muitos músicos contam-se Havana Way Trio (3 de julho), Ricardo Toscano com Carlos Barretto e João Pereira (10 de julho), Couple Coffee (17 de julho), JP Simões (23 de julho) – e muitos mais. Todos os concertos de entrada livre.

ALINHAMENTO COMPLETO

Caixa de Pandora
2 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

O grupo Caixa de Pandora apresentou-se pela primeira vez em 2013, mas foi em 2014 que se afirmaram com o lançamento do seu 1.º disco, Teias de Seda.
Os membros que integram este trio inspiram e conspiram entre o mundo da música clássica e a world music. Sem que possa ser rotulada, a sua música é proporcionadora de uma amplificação-emocional, no sentido que promete suscitar as mais recônditas e tímidas emoções, e transportá-las até onde o espectro criativo, de quem ouve esta música, o permitir.

Rui Filipe Reis piano, multi-instrumentista
Sandra Martins violoncelo, clarinete
Cindy Gonçalves violino


Havana Way Trio
3 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Havana Way é uma formação cubana criada pelo pianista Victor Zamora. E, na verdade, quem melhor que um cubano para fazer soar os ritmos do merengue ou da salsa?
Este trio presta, assim, tributo à música tradicional cubana dos anos 1930, 1940 e 1950, uma história da qual fazem parte artistas como Compay Segundo, Ñico Saquito, Los Compadres, Buena Vista Social Club, entre outros.
Ainda que interpretada numa perspetiva pessoal e de fusão, a música deste trio transporta a frescura daquela época.

Yanier Rodriguez voz, percussões latinas
Victor Zamora piano
Leo Espinoza baixo elétrico, voz, percussão


Manso
9 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Filho de uma Lisboa mestiça e multicultural, Manso canta em português sobre o quotidiano da cidade e das pessoas que a habitam.
A sua música, e obviamente os seus concertos, são uma mistura de semba, fado e jazz manouche numa atmosfera de cabaret irresistível. Esta é, por isso, a receita ideal para mais um fim de tarde no CCB SUN SET.
João Manso estará acompanhado por João Roque e Elmando Caleira.

João Manso voz, guitarra
João Roque guitarra, percussão
Elmano Caleira contrabaixo


Ricardo Toscano| Carlos Barretto | João Pereira
10 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Formado por três destacados músicos de jazz portugueses e de diferentes gerações, nomeadamente o saxofonista Ricardo Toscano, o contrabaixista Carlos Barretto e o baterista João Pereira, este coletivo apresenta no CCB um concerto de fusão entre melodias e ritmos de raiz tradicional portuguesa com a música improvisada.

Ricardo Toscano (PJM) saxofone
Carlos Barretto contrabaixo
João Pereira (PJM) bateria


Nicole Eitner e Miguel Menezes
16 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Artista alemã a viver em Portugal, a cantora, pianista e compositora Nicole Eitner participou no festival SXSW, no Texas, onde venceu o concurso SXSW Hottest and Competition, já partilhou o palco com Suzanne Vega e Joan as Police Woman, e foi distinguida com vários prémios internacionalmente.
No CCB apresenta-se ao piano, num ambiente mais intimista, acompanhada por Miguel Menezes no contrabaixo e voz, interpretando canções dos seus dois álbuns, passando ainda por versões de artistas como Kate Bush, Coldplay ou Depeche Mode, que influenciaram as suas composições até hoje.

Nicole Eitner voz, piano
Miguel Menezes contrabaixo, voz


Couple Coffee
17 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Há meio século que a bossa nova se recusa a envelhecer, eterna lição de balanço num mundo para sempre em dívida com o legado de Jobim e Gilberto. Os Couple Coffee de Luanda Cozetti e Norton Daiello apresentam agora uma visita a esse universo no que já se adivinha como um dos mais interessantes concertos do ano. Depois do toque tropical impresso em José Afonso, vem o olhar sobre a grande invenção da modernidade brasileira, quando o samba se cruzou com o jazz e João Gilberto impregnou a canção de classe. A bossa nunca foi tão nova. Mesmo aos 50 anos.

Luanda Cozetti voz
Norton Daiello baixo elétrico


JP Simões
23 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Cantor, compositor, letrista, contista e dramaturgo, JP Simões edita álbuns desde 1995, respetivamente com Pop Dell’Arte, Belle Chase Hotel, Quinteto Tati e a solo ou em colaboração com outros compositores. O seu último álbum em nome próprio, Roma, foi editado em 2013 e mereceu uma longa digressão nacional e internacional. No teatro escreveu e compôs duas óperas: A Ópera do Falhado (2003) e A Íntima Farsa (2012). Publicou dois livros: A Ópera do Falhado (teatro) e O Vírus da Vida (contos). Compôs ainda a música para A Boa Alma, uma adaptação da obra homónima de Brecht, encenada e interpretada por Mónica Calle, que teve a sua estreia em Lisboa, em 2015.
Agora apresenta-se a solo no CCB, para um concerto que se espera verdadeiramente único.


Maracangalha
24 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Este grupo nasceu do fascínio e amor pelo universo da música brasileira que este quarteto tem. Há muito que tocam juntos, em vários contextos, habitualmente mais centrados no jazz, mas sempre tiveram a vontade de criar um repertório centrado no melhor que o Brasil tem para nos oferecer: Tom Jobim, Chico Buarque, João Bosco, Edu Lobo, Milton Nascimento, Carlos Lyra, Vinicius de Moraes, entre outros. O processo foi à antiga. Arranjos feitos na hora, nos ensaios, pelo grupo, com muita tentativa e erro. O resultado será agora mostrado no CCB SUN SET.

Inês Sousa voz
Bruno Santos guitarra
Romeu Tristão contrabaixo
André Sousa Machado bateria


Rubi Machado
30 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Rubi Machado, cantora portuguesa de origem goesa, nasceu em Moçambique, onde passou parte da infância, vivendo em Portugal desde 1979. Canta profissionalmente em hindi, gujarati, konkani e português há mais de 30 anos.
Acompanhada por autênticos “músicos do mundo” (vindos de Portugal, Cabo Verde, Itália, Angola e Índia), Rubi Machado interpreta clássicos celebrizados pela maior indústria cinematográfica indiana – Bollywood – surpreendentemente frescos e atualizados pela sua formação heterogénea.

Rubi Machado voz
Baltazar Molina percussão árabe
Danilo Lopes guitarra elétrica
Francesco Valente baixo
Niraj Singh tablas
Ricardo Gouveia guitarra clássica, tres cubano (cordofone de Cuba, da família da guitarra)


Cadernos De Viagens
31 julho | Jardim das Oliveiras | 19:00

Michel junta-se a Jorge A. Silva, Gil Alves e Rogério Pires e apresenta o concerto Cadernos de Viagens, focado num conjunto de temas inspirados sob o céu de Lisboa, mas também sob os céus atlânticos, mediterrânicos e outros céus infernais.

Canções escritas numa tasca à beira-rio Mondego, ao pé de uma ruína grega, romana, céltica, árabe, ao pé de um moinho cansado, mas também numa cidade destruída ou a bordo do paquete Funchal, dentro de uma maçã…

Michel voz , acordeão
Gil Alves flauta
Jorge A. Silva piano
Rogério Pires guitarra


Carpideiras | “Carpem Beatles”
6 agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00

Teresa Gentil e Rita Matias constituem o duo Carpideiras e no concerto que trazem até ao Jardim das Oliveiras do CCB propõem a sua abordagem à música dos Beatles, numa série de cruzamentos entre a bossa nova e o jazz. Um casamento improvável, mas que no final resulta com num espetáculo de grande criatividade.

Rita Matias voz, guitarra, cajón (instrumento de percussão)
Teresa Gentil voz, guitarra, piano, percussões


Catarina Anacleto & Márcio Pinto | Tributo a Zeca Afonso
7 agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00

O exotismo do toque doce da marimba e o virtuosismo do violoncelo encontram-se para prestar tributo ao repertório de José Afonso. As músicas eternas que reconhecemos na voz deste grande músico português deixam-se apropriar pela fusão inesperada destes dois instrumentos de mundos aparentemente distantes.
Márcio Pinto, na marimba, e Catarina Anacleto, no violoncelo, são os músicos que nos conduzirão neste encontro sedutor com a música de Zeca Afonso.


Roque & Dee Dee
13 agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00

Roque & Dee Dee é um projeto que conta a história (mais ou menos real) do encontro de dois alter-egos no mundo da música.
Este concerto integrado no ciclo CCB SUN SET será uma verdadeira viagem pelos blues, pela folk rock e pela música indie, conduzida pela voz de Andreia Nunes e pelos músicos Gonçalo Sousa e João Roque.

Andreia Nunes voz
Gonçalo Sousa harmónica
João Roque guitarra


Rodrigo Serrão
14 agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00

Músico, compositor e produtor, Rodrigo Serrão participou em concertos por todo o mundo e gravou mais de uma centena de discos.
Trabalhando com influentes artistas portugueses do jazz ao fado, passando pela música pop e pela world music, Serrão é um músico que está numa constante busca por desafio, sempre com o intuito de expressar por inteiro a sua criatividade. Atualmente dedica-se também a um instrumento muito particular, com uma identidade bastante própria, o chapman stick.


Pianordeão
20 agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00

Há sem dúvida, muitas maneiras de abordar um género como o tango, de permitir que a sua essência se manifeste com todo o seu potencial.
Uma delas é conhecida como “parrilla”, através da qual cada tema é tratado de forma peculiar, num certo contacto com os procedimentos jazzísticos.
Vários compositores, épocas, estilos preenchem estas apresentações em que, com uma grande naturalidade, a música transita por diversas paisagens, geografias sonoras.
Para este concerto o duo Pianordeão “convida” autores como Aníbal Troilo, Marianito Mores, Enrique Santos Discépolo, Astor Piazzolla, Ángel Villoldo, entre outros.


João Barradas Trio
21 agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00

A música de João Barradas é baseada no jazz de cariz mainstream com grande foco na improvisação, swing e num discurso pós-bop.
Com um grande respeito pela tradição acordeonista, demonstra também uma grande influência da linguagem de mestres de outros instrumentos: desde Ahmad Jamal a Herbie Hancock, de Greg Osby a Sonny Stitt.
Todas as suas composições partem de uma vontade de tocar uma música atual, livre de preconceitos, com uma instrumentação pouco habitual mas que reflete uma vivência no meio musical do século XXI onde o acordeão é apenas a ferramenta de expressão e não uma “estética musical” a priori.

João Barradas acordeão, sintetizadores
André Rosinha contrabaixo
Bruno Pedroso bateria


Opus 22
27 agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00

Opus 22, vinte e duas cordas que se unem com a intenção de abordar o repertório erudito, por vezes desconstruindo, por vezes construindo novos balanços rítmicos, fundindo linguagens, arriscando, transgredindo. Constituído por cinco músicos com uma sólida formação clássica, Opus 22 tem um repertório abrangente; ao nível temporal por tocar desde Bach a Piazzolla, saltando para os dias de hoje com composições próprias e também por cruzar vários tipos de música. Nos seus concertos observa-se um elevado domínio dos instrumentos ao serviço de um ambiente de improvisação, criando a atmosfera ideal para partilhar emoções.

António Gonçalves guitarra
Pedro Pacheco violino
Otto Pereira (PJM) violino
Samuel Barsegian viola, percussão
Miguel Menezes contrabaixo


César Cardoso Quarteto
28 agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00

Este projeto é composto por quatro músicos que se destacam atualmente no panorama do jazz português.
O quarteto nasce com a intenção de proporcionar, aos que assistem, uma experiência aliciante através de uma breve passagem pela história do jazz.
Com um repertório assente nos standards do jazz, revisitam os ícones mais emblemáticos que ajudaram a popularizar esta música através de arranjos e versões originais, abraçando ainda géneros como o funk ou a bossa nova.

César Cardoso saxofone tenor
Pedro Nobre piano
Francisco Brito contrabaixo
Pedro Felgar bateria

Related Article