Home   /   Reportagens  /  Destaque  /   Reportagem | Joana Rios apresentou o “Fado de Cada Um” no Museu do Fado
Reportagem | Joana Rios apresentou o “Fado de Cada Um” no Museu do Fado

Joana Rios apresentou o seu primeiro álbum no passado dia 23 de junho no Museu do Fado, em Lisboa.

“Fado de Cada Um”, o nome do disco de estreia, marca uma mudança na carreira da artista, que já percorreu os universos sonoros do jazz, mas que encontra agora no Fado o seu caminho.

Em “Fado de Cada Um” canta poetas como José Luís Gordo, Carlos Conde, João Barreiros, Rosário Alçada Araújo, João de Bragança e Carlos Heitor da Fonseca que assina também as composições originais. Neste disco de estreia Joana Rios canta composições que, sendo originais, respeitam a estrutura do fado tradicional, das quais realçamos o “Do fado até mim”, uma letra de Carlos Heitor da Fonseca, que interpreta no Fado Versículo, de Alfredo Marceneiro; “Onde anda o fado”, de Rosário Santos na melodia do Fado Latino, de Jaime Santos; bem como canção de Rosário Araújo, ”Onde anda o fado”, na melodia do Fado Latino, de Jaime Santos.

No palco do Museu, em Alfama, a fadista que foi acompanhada por Bruno Mira (guitarra portuguesa) e Pedro Pinhal (viola), interpretou todos os 13 temas do seu disco, tendo terminado o concerto à capella, mostrando o grande poderio da sua voz, que durante uma hora ‘agarrou’ às cadeiras todos os presentes, mas que no final saudaram a fadista com uma forte ovação de pé.

Related Article