Home   /   Reportagens  /  Destaque  /   Linda Martini jogaram Sirumba mas não brincaram no Coliseu
Linda Martini jogaram Sirumba mas não brincaram no Coliseu

Foi no passado sábado que a sala mítica, Coliseu dos Recreios, se encheu para ver Linda Martini. Segundo os próprios não sabiam o que esperar do público, mas o público estava certo de que eles dariam um bom concerto. Eram precisamente 21h30 quando o concerto começou, com os quatro elementos dispostos numa mesma linha recta na frente do palco, como que a mostrar que ali todos são valiosos.

Fizeram soar músicas de “Sirumba” como todos esperavam, mas presentearam o público também com músicas de “Olhos de Mongol” como “Amor combate” e “Dá-me a tua melhor faca”, como de “Casa Ocupada” a “Mulher-a-dias” ou “Ratos” de “Turbo Lento”, foi aliás com “Ratos” que o público mais vibrou, com direito a surf crowd, no entanto em todas as músicas os refrões eram acompanhados pelas vozes do público, visivelmente felizes por terem Linda Martini de volta.

A escolha intercalada das canções a relembrar os quatro álbuns foi não só uma escolha inteligente mas também uma das melhores prendas que podiam ter dado aos fãs. Instrumentais poderosos e consistentes que são uma das imagens de marca da banda, aqui tocados com mais maturidade e com espaço para todos os instrumentos.

Não era apenas o público que estava feliz, a banda também estava e a prova disso, foram as várias intervenções ao longo do concerto. Pedro Geraldes descreveu o que via, “vocês encheram esta sala mítica para nos ver. Que bonita que está. Muito obrigado a todos”.

Foi visível a união e amizade entre os membros da banda, quando terminaram a primeira parte, cumprimentando-se entre si com beijos e abraços, como sinal que uma tarefa concluída com sucesso e em conjunto.

Após a primeira despedida do palco, o público entoava o refrão de “Cem Metros Sereia” e a banda voltou para mais, dizendo que o concerto estava a ser muito especial e foi com “Cem Metros Sereia” que o concerto terminou às 23h30.

Este concerto passa a fazer parte da história dos Linda Martini, de quem a ele assistiu e passa também a fazer parte da história da música portuguesa, pois os Linda Martini tem ao longo dos tempos trilhado um caminho que lhes é merecedor de destaque e de reconhecimento na música em Portugal.

Texto: Sofia Reis
Fotos: Luís Flôres

[Mais fotos aqui]

Revista online MIP, onde os Linda Martini são destaque.

Related Article