Home   /   Novos Singles  /   “FALADUKÊ” é o novo single de Piruka com Jimmy P [LETRA]
“FALADUKÊ” é o novo single de Piruka com Jimmy P [LETRA]

“FALADUKÊ” é o novo tema de Piruka que conta com a participação de Jimmy P.

Este novo single, que se encontra no top das tendências do Youtube e que sucede a ““, fará parte de “Iluminado”, o próximo álbum do rapper.

Piruka e Jimmy P – FALADUKÊ [LETRA]

Verso (Piruka):
Ei
Piruka Shakur, eu sou Makaveli
Marcado no corpo pelo país
Tem cuidado na rua c’a cascavel
Eu tenho a firma nas costas
A olhar por mim
808 no barco
Papas não papo
Só beefs sem garfo
E eu não como disso
Aprendi c’a vida
Mas não calo a boca
Se a vida ’tá foda
Olha o crucifixo
Eu não cruzo, fixo
És urso, primo
Aquilo que eu escrevo
É tudo obra-prima
Falas de balas
O que é um gatilho?
O que sai dessa boca
É tudo mentira
Eu fico a assistir na primeira fila
C’a garina do lado
Eu sou jet set
“Homem do Povo”
Como diz o Jimmy
Mas não falem torto
Eu sou papo reto
Quero um cheque limpo
Chico-Esperto
O bagulho é grave
E o barulho é breve
Ainda perguntam se o meu pai não ‘tava
Se o meu pai não’ tava?!
Não boy, nunca ’teve
Um mata aos 14
Tem uma pena leve
Outro rouba aos 20
E come uns dez
Tu ’tás todo fresh
Cash cresce
Mas cuidado a subir
Que quem sobe, desce
Eu tive uma casa com damas do Leste
E vivi uma vida que nunca viste
Desde criança a balança mexe
Mas a vida na rua é uma vida triste
Que é mais um que morre
Mais um que vive
Mais um que vai
E mais um que vem
Mais um que entra
Mais um que sai
É menos que um que há
Lá no meio de cem

Refrão (×2):
Se a tuga diz que um gajo é lendário
Tu ’tás a querer vir FALADUKÊ?
Já viste os zeros do meu salário?
Tu ’tás a querer vir FALADUKÊ?
FALADUKÊ, FALADUKÊ
Tu ’tás a querer vir FALADUKÊ?
FALADUKÊ, FALADUKÊ
Tu ’tás a querer vir FALADUKÊ?

Verso (Jimmy P):
Com licença, shh
Avisa o teu povo
Que chegou o hooligan
Muito preto porque isso é Wakanda
Black Panther no teu rap lusitano
Ano após ano
A pisar no calo dos puritanos
Tudo atrás do hype
E a bater na rocha
No fim acabam todos às cabeçadas
Tipo o Zidane
Já te mataram em quantos sons?!
Ninguém sabe quantas almas tens
Comigo falas só p’ra duas coisas
P’ra nos pagares
E dares os parabéns
Makaveli (uoh)
Nós contra o mundo
O espírito é Makaveli
Rappers são adultos
Dão p’ra garanhões
Mas só como pitas
Como o R. Kelly
Só ruído, tanto parasita
Já não há paciência
Para essa miudagem
Fazer o meu, curtir a vista
Porque tudo à volta
Aqui é paisagem
Eles chamam-me ultrapassado (nãã)
Aos 30 já viste essa forma?!
Com o que eu faturei até hoje
Se calhar já devia era ‘tar na reforma
As tuas pêgas não me largam o pé
O buraco delas é uma sepultura
E quando chega ligo para o André
E não ’tou a falar do Ventura, não (fuck it)
Agradeço a Deus pela vida que tenho
E por todo o hate
Meio milhão vale a casa
E a culpa nem sequer é minha
É da 808 (gang)

Refrão (×2):
Se a tuga diz que um gajo é lendário
Tu ’tás a querer vir FALADUKÊ?
Já viste os zeros do meu salário?
Tu ’tás a querer vir FALADUKÊ?
FALADUKÊ, FALADUKÊ
Tu ’tás a querer vir FALADUKÊ?
FALADUKÊ, FALADUKÊ
Tu ’tás a querer vir

Related Article