Home   /   Notícias  /   Faleceu o fadista Vicente da Câmara
Faleceu o fadista Vicente da Câmara

fadista_vicente da camara_faleceu

Faleceu este sábado de manhã, em Lisboa, o fadista Vicente da Câmara, disse à agência Lusa o filho, José da Câmara.

Vicente da Câmara, sobrinho da fadista Maria Teresa de Noronha, tornou-se conhecido, entre outros êxitos, pelo fado “Moda das tranças pretas”.

O velório do fadista realiza-se este sábado a partir das 16h00, na Igreja da Graça, onde será celebrada missa. O funeral será no domingo às 15h30 da Igreja da Graça em direção ao cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

Marcos da sua carreira:

1937 – Começa a assistir aos ensaios de sua tia Maria Tereza de Noronha.
1948 – Ganha um concurso e estreia-se na Emissora Nacional, feito ao alcance de poucos fadistas.
1950 – Primeiro contrato discográfico com a editora Valentim de Carvalho. Gravará clássicos como Fado das Caldas, Varina, Os Teus Olhos.
1961 – Passa para a casa Custódio Cardoso Pereira, onde gravará o célebre Moda das Tranças Pretas.
1967 – Contrato com a Rádio Triunfo, onde grava temas como Guitarra Soluçante, Andei Procurando o Fado, Fora de Portas, Há Saudades Toda a Vida, O Fado Antigo é Meu Amigo e É Tudo Como Era Dantes.
1982 – Aumenta a sua atividade no estrangeiro, com partícular incidência no Oriente.
1988 – No álbum de estreia de seu filho José da Câmara inclui os temas Fragata da Borda d’Água e Lembranças do Passado, fazendo igualmente um dueto no tema A Moda das Tranças Pretas.
1989 – Assinala o 40º aniversário da sua carreira no Cinema Tivoli. Na década de noventa continua com regularidade a dar espectáculos, nomeadamente no estrangeiro, e não cessa a sua actividade de gravação discográfica.

Entre outros prémios, Vicente da Câmara foi ainda distinguido com o prémio “Amália Carreira” e tinha um percurso artístico com mais de 60 anos, que iniciou na extinta Emissora Nacional.

 

Related Article